domingo, 27 de setembro de 2015

DICA INÉDITA DE COMO ULTRAPASSAR GRANDES MEDOS

O meu maior medo não são cobras. Não são as alturas. Não é morrer à fome. Não é engravidar e não saber quem é o pai. Não são palhaços. Não é ver-me ao espelho. NÃO! O meu maior medo é definitivamente ficar sozinha. Não digo durante umas horas. Ou um dia. Mas sim muitos, muitos dias (três dias são muitos dias). E quando esse medo torna-se realidade é quase tão mau quanto ver um filme de terror sem puder fechar os olhos uma única vez. 


Parando para pensar as vezes que já fiquei sozinha, os meus dedos dos pés e das mãos não chegaram para fazer a conta. E aposto que aconteceu o mesmo com mais gente. Mas quando nos atiram para um mundo completamente diferente, onde criaturas assustadoras andam a nosso lado e monstros malvados nos dão notas - óbvio que estou a falar da escola/faculdade -, o nosso instinto de sobrevivência vem ao de cima. E o que é esse instinto de sobrevivência? Matarmo-nos? Matar os outros? Fugir? Beber? Ligar aos amigos? Apanhar um autocarro? NÃO! Dormir. 


É neste momento que vocês se apercebem que tudo se torna minúsculo e insignificante quando podem deitar-se na cama o dia e a noite toda, agarrados ao vosso peluche - se tiverem menos de 12 anos ou apenas se forem como eu -, com três cobertores por cima e o vosso telemóvel ao lado. E lá se vai a solidão. Nada melhor do que os vossos sonhos para vos apagar da mente a ideia de estarem sozinhos. Assim, podem viver num castelo, ter 300 mil empregados, casar com um príncipe loiro de olhos azuis, ter cavalos, gatos e cães e o mais fantástico: não saírem do mesmo sítio.


E este é o conselho que podem levar para a vida. Qualquer que seja o vosso maior medo, a única - e melhor - solução é dormirem. Na cama, no sofá, em cima da mesa, no duche, em qualquer lugar. A não ser que o vosso maior medo seja o escuro, é claro. Aliás, como é que pessoas com essa fobia dormem? Enfim. Por muito que lidar com a solidão seja difícil, não se esqueçam que há sempre alguém pior que vocês e alguém muito melhor também. Por isso, não desanimem! Se estiverem sozinhos porque não têm amigos é porque os vossos amigos vos deixaram sozinhos e não o contrário. Logo, a culpa não é vossa, é deles! A culpa só é vossa de os fazerem sentir-se culpados por serem vossos amigos.

Sem comentários:

Enviar um comentário